"Fingir um sorriso durante os últimos dias tem me mostrado que ele nunca dependeu de você para aparecer..."



E hoje, pela primeira vez, eu me permiti chorar. Eu deixei que todas as lágrimas que estavam guardadas lá no fundo saíssem e fizessem o serviço de lavar a alma.
Me recusei, desde o começo, chorar por você. Mas sabe quando a gente não aguenta nem mais um segundo dessa tortura? Então, deixei rolar.
Você foi a maior das minhas decepções. Você foi covarde por desistir antes de tudo acontecer, covarde por não conversar comigo mesmo eu te dando total liberdade pra isso, covarde por não assumir seus sentimentos e por querer viver uma relação superficial. 

Esse é o problema das pessoas hoje em dia. Querem algo superficial e se assustam quando encontram alguém que quer se entregar de verdade. 
Eu sinto muito por ser tão intensa. Ou melhor, não sinto. Se você não quis se entregar por inteiro, não sou eu que tenho que aceitar metades. Que você viva com as metades, não eu. Eu quero que me transbordem. Espero por pessoas inteiras e que saibam exatamente o que querem. Assim como eu sei.
Mas é aquele negócio: a gente aprende com as decepções e com todos os momentos delicados da vida.
A gente fica mais forte, mesmo acreditando que isso não seja possível.
E, cara, eu estou ficando. Fingir um sorriso durante os últimos dias tem me mostrado que ele nunca dependeu de você para aparecer, só de mim. Então por que vou deixar que ele suma por sua causa?
Fingir que está tudo bem tem me feito ver que as coisas vão ficar bem, mesmo que demore um pouco.
A gente aprende que existem coisas bem piores que um coração partido e que isso deve ser a menor de nossas preocupações. Isso é sinal de que estamos vivendo e tentando, de estar se entregando e arriscando. Qual seria a graça se ficássemos estáticos e com medo de arriscar por temer um coração partido? 

Então não se preocupe comigo, meu caro.
Decepções machucam mas não matam, ensinam.
Eu decidi aprender com elas e crescer. Espero, de verdade, que um dia você também enxergue que a vida é se arriscar e que sempre vamos nos deparar com as consequências de nossas escolhas. Espero que você fique bem e, acima de tudo, que seja feliz como eu tenho conseguido ser. 


- YM

Comentários